quinta-feira, 12 de abril de 2018

Um encanto chamado Paris (Parte II): Chegada, hospedagem e deslocamento


Imagem relacionada
     Dando sequência a nossa viagem, hoje trago dicas da chegada na cidade, locomoção e locais para visitar. 
     Quando fui à Paris peguei voo de Natal para Lisboa, e de Lisboa para Paris. Não tive dificuldades com comunicação, mas é preciso cuidado quando for passar na imigração. É interessante que se esteja munido com documentos que comprovem que você de fato, está só de visita. Coisas tipo, contracheque, passagem de volta, comprovante de tempo de estadia no país também serve para mostrar que, apesar de querer muito ficar, você infelizmente está só de passeio. 
    Passaporte carimbado, agora é hora de desbravar a cidade. Uma dica interessante é contratar, pela comunidade, uma empresa de transfer do aeroporto para o local de sua estadia. Indico a empresa França entre Amigos (https://francaentreamigos.com.br/). O atendimento deles é muitoooo bommm, e os preços também são razoáveis.






   

     Paris é uma das cidades mais visitadas do mundo e a primeira na lista das cidades da Europa a receber turistas de todas as partes do mundo, e isso não é a toa. A cidade é puro charme, história e beleza. De fato não tem como não se encantar.

Onde se hospedar? 

    Paris atende bem a demanda de turistas que recebe. A cidade possui uma excelente infraestrutura de hotéis. Se você pretende conhecer bem a cidade, pode reservar ai pelo menos uns 7 dias. Paris tem muita coisa para ser vista, e poucos dias são insuficientes. 
     Bem, a cidade é dividida em 20 arrondissements, que são espécies de zonas demarcadas. Para identificar cada um, basta ver no final do endereço o número. Tipo, se o endereço tiver 75001, significa que fica no 1º arrondissement. Preste bem atenção na hora de escolher sua hospedagem, porque quanto menor o número do arrondissement, mais central é. Isso vai garantir a possibilidade de realizar passeios a pé, e viagens de metrô mais curtas. 



     Os hotéis apresentam valores bem variados, mas em média se paga cerca de 50 à 200 euros em diárias. Eu fiquei hospedada no Art Hotel Eiffel, a localização é excelente, perto de supermercados, restaurantes, metrô e uma maravilhosa loja para compras, a Monoprix. E pasmem, paguei apenas R$1.575 em 8 diárias.

Resultado de imagem para hospedagem em paris 


Como se locomover em Paris?
     Para mim não existe melhor forma de conhecer um lugar do que o caminhando. E Paris é uma cidade para se aproveitar a pé. Porém, claro que para chegar em locais mais distantes você terá que pegar algumas das opções de transportes. Em Paris você se desloca facilmente de metrô, ônibus, táxi e uber. Os valores não são altos, principalmente levando em consideração as distâncias de um ponto a outro.
 

como se locomover em paris

     Aproveite essas dicas...semana que vem vamos saber o que fazer em Paris.