sexta-feira, 29 de julho de 2016

Se você acreditar

APERTE O PLAY!







Se você acreditar, a gente tenta.
E eu prometo me esforçar, para que cada dia seja único.
Se você acreditar, quem sabe os astros se alinhem, o universo conspire, e o meu signo tenha a ver com o seu, não que eu acredite nessas coisas, mas vai que...
Se você acreditar, um simples toque pode se tornar o início de uma grande sintonia.
E então, o dia se tornará curto para a nossa vontade, e a noite longa para a nossa saudade.
Se você acreditar, talvez tudo comece a fazer sentido, e os anjos digam amém!
Se você acreditar, quem sabe seus lábios gostem dos meus, e vai que a gente se apaixone.

Se você acreditar, podemos dar início a uma vida de grandes momentos de felicidade, de partilha e de dedicação.
Se você acreditar, eu não duvido que se torne amor.
E se tornar amor, aí que vai ser mais mágico ainda. Por que afinal de contas, onde tem amor tem parceria, e onde tem parceria as coisas acontecem.
Sem promessas, sem expectativas, elas estragam as coisas. Basta apenas que você acredite.
Ahh!! Se você acreditar, eu juro que acredito, e acho que até pode dar certo!!!

terça-feira, 26 de julho de 2016

Entenda, viajar não é sinônimo de ser rico





  Basta eu postar uma foto de um novo lugar que conheci, para chover comentários me chamando de rica. Sei que para algumas pessoas essa é realmente a realidade. Tipo aquelas pessoas que conseguem fazer uma viagem internacional todo ano, conhecer três regiões diferentes do país, ou visitar aquele parente em uma terrinha bemmmmm distante. Mas não se iludam, viajar não é algo inerente ao fato de ter dinheiro em grande quantidade no bolso. Não é preciso ter uma conta de vários zeros à direita para sair pelo mundo.
  Viajar é algo que exige de você apenas uma coisinha básica: PLANEJAMENTO. Não é algo fácil, mas também não é impossível, basta que você tenha coragem de abrir mão de algumas coisas. A gente sabe que sempre tem algo que conseguimos viver sem, não é mesmo?! Então, o primeiro passo para se tornar um viajante é eleger suas prioridades (Um segredo só nosso: A minha prioridade é sempre viajar..rsrsrs). 
  Então, se você é sonhador como eu, que adora conhecer novos lugares, culturas e pessoas, comece a pensar em que lugares você gostaria de visitar. O segundo passo é calcular o quanto é preciso para chegar nesse lugar. A partir daí vem o sacrifício...kkkkkk...Abandonar alguns gastos. Mas vamos combinar, é por uma super justa causa. Uma viagem bem planejada te poupa tempo e dinheiro. Sempre que pretendo fazer alguma viagem passo meses planejando, calculando, pagando, contendo gastos, e pagando...rsrsrs...Ah! Uma boa estratégia é viajar com amigos, se hospedar em hostel, procurar horários mais baratos de passagens, fazes escalas, e por aí vai.
   Agora tira da cabeça essa ideia de que só viaja quem é rico. Ativa o modo econômico ai e ganha esse mundão de Deus, até porque quando a grana é pouca a vontade tem que ser muita.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Eu sou independente e não de outro planeta




   Ao longo dos anos a mulher foi conquistando mais espaço na sociedade, ganhando valor, chegando a cargos e assumindo posição que antigamente seria no mínimo improvável estar. Sei que ainda há muito a ser trilhado, não chegamos ao que consideraria o ideal, mas prefiro ser otimista e crer que entre desrespeitos e conquistas a gente chega lá. Quando vejo esse cenário fico pensando: o que se passa na mente de um homem quando ele idealiza uma mulher? Acho que ele deve imaginar que a mulher dos seus sonhos tem que trabalhar, estudar, ser elegante, gostar de viajar. Ser aquela mulher que não é uma mestre cuca, mas que sabe desenrolar um bom jantar, além de ser simpática, segura de si e acima de tudo, independente. Bem, acho que quem idealizou demais agora foi eu, porque o que mais tenho escutado ultimamente é que ser assim assusta os homens.
      A verdade é que nós somos hoje a geração de mulheres que foram criadas para conquistar o mundo. Vivemos anos sendo incentivadas a estudar mais, para conseguir um bom emprego, e assim termos condições de viajar, comprar nosso carro, conquistar nossa independência. Sendo assim, o que orgulhava as pessoas era ver você conseguindo um bom emprego, entrar na universidade, passar em um concurso, estudar idiomas. Porém, acho que esqueceram de avisar isso aos rapazes dessa mesma geração. Porque reza a lenda que eles se afastam com essa independência toda.
      Quantas vezes eu já ouvi frases como: “Ele tem medo de conversar com você; Você assusta os homens; Você é inteligente e independente demais; Você intimida os homens”. E minha resposta diante de tais afirmações é sempre a mesma: É sério isso? Desde quando ser forte e independente é defeito para afastar alguém? Isso não deveria ser motivo de orgulho para um cara querer estar com você? Eu sou apenas independente e não um E.T.

     Por favor, meninas entendam. Não dá para se diminuir para conquistar alguém, não dá para disfarçar nossas conquistas só para não intimidar. O problema não é seu. Nunca se nivele por baixo, você voou alto demais para ter que descer assim. Não molde seus sonhos para caber na realidade de alguém que não sabe na verdade o quer. 
       Porém, deixa eu lembrar um coisinha a você, que assim como eu, se considera uma mulher independente, evite se bloquear por medo de perder essa independência. Não confunda, ter alguém não é dependência é completude.

     

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Sobre amizade, para os amigos...




APERTE O PLAY!





   Soube que o dia 20 de julho é marcado em alguns países pela comemoração do dia do amigo. Então, descobri que esta data foi criada pelo médico
argentino Enrique Ernesto Febbraro, que viu a chegada do homem a lua, em 20 de julho de 1969, como sendo uma prova de que se o homem unir-se com seus semelhantes, não há objetivos impossíveis. Foi aí que me coloquei a pensar sobre que tipo de amizade estamos cultivando, em tempos de whatsapp e onde as pessoas se limitam a deduzir quem você é pela foto do perfil e suas postagens. Às vezes tenho a impressão que antigamente nos preocupávamos mais com nossos amigos, talvez porque eles eram o nosso maior motivo de sair de casa, de ir para a escola. Talvez porque naquela época não exigíamos tanto das pessoas e nos cobrávamos menos, talvez apenas porque valorizávamos mais o significado daquela pessoa em nossa vida.




   Entendo que ser amigo é viver trocas sinceras, viver sentimentos bons, criar conflitos e saber pedir desculpas, é orgulhar-se do amigo diante de suas decisões, desafios e conquistas, é estar presente e ser presença na vida de alguém. Mas sei o quanto é difícil manter contato constante. A vida vai nos levando em suas voltas, e nós vamos nos distraindo. E no meio disso tudo, novas pessoas surgem, novas amizades são feitas. E aí os amigos antigos permanecem em nossas lembranças, talvez em uma foto, em uma curtida no Facebook, naquelas frases do tipo “estou distante, mas me lembro de você”, e então saberemos que a amizade não acabou, apenas a distância que chegou e acabou com a convivência. E tenham certeza, os bons tempos de amizade raramente voltam atrás, mas ficam guardados em um lugar muito especial dentro de nós.
   Eu tenho amigos de todos os tipos: os que me conhecem ao avesso, os que não me dizem nada, mas me falam muito com um olhar, os amigos do “estou sempre aqui”, e aqueles do “a gente se vê” ou do “eu avisei”. Tenho ainda uns que não sei como a amizade surgiu, só sei que existe, e é tão forte que chego a duvidar que um dia a gente tome rumos diferentes. Ainda tenho aqueles que sabem que podem sempre contar com meus ouvidos e meus conselhos não tão bons, mas que tem dificuldade em me ouvir e me dar conselhos. Os que vivaram parceiros na vida, sócios, que rimos, saímos e trabalhamos juntos. E há os que digo para a família que são meus amigos da igreja, para facilitar a identificação.
   Não sei se ao final dessa reflexão eu possa afirmar que seja uma boa amiga. Talvez eu tenha muita coisa a trilhar ainda. Mas aos meus amigos prometo me esforçar mais nessa missão, pois acredito que amizade é escolha, e toda escolha exige dedicação, mesmo que seja apenas uma curtida em uma foto para dar aquele apoio, e mostrar que eu estou bem ali.



   
    

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Permita-se




     Observando as pessoas e suas histórias, tenho percebido mais claramente o quanto estamos vivendo uma época em que o medo de arriscar, em muitas situações, fala mais alto. E com relação aos nossos sentimentos parece que este medo é ainda maior. As nossas experiências anteriores estão determinando a forma como encaramos o nosso presente, e por causa disso, muitas vezes nos tornamos frios, sem esperanças e com aquela sensação de que se for para se decepcionar é melhor nem arriscar.
       Mas como posso saber se algo dará certo ou não se eu não tentar? Alguns poderão dizer: “Ah, mas eu já sofri tanto, já quebrei tanto a cara...” Certo, e daí?! A vida é assim, de acertos e erros, de quebra de expectativas. Quantas vezes você precisou cair para aprender a se equilibrar na bicicleta e sair pedalando? Não podemos deixar que o medo de perder nos tire a vontade de vencer,e aí acabarmos travando a nossa vida.


        Por isso, PERMITA-SE... Mesmo que alguém te conte uma experiência que não foi muito legal, permita-se tentar. Mesmo que as possibilidades de dar certo sejam relativamente pequenas, permita-se. Até quando você achar que não é intenso o suficiente, permita-se. Mesmo que dure uma semana ou três meses, permita-se. Nada que a gente vive se perde em nossa história. Permita-se ser você, permita-se conhecer novos corações, permita que as pessoas tentem fazer algo por você. Não se apegue a suposições, deixe de lado os ‘achismos’ e vá além. Acredite nos sentimentos, aposte neles, creia nas exceções. Dê uma chance aos outros, dê mais uma chance a você.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Pelo simples direito de gostar


       APERTE O PLAY!
  

      Acho que cheguei naquela fase em que tudo o que se precisa e deseja é de um momento de paz, sem precisar montar cenários, sem se preocupar com o que vai acontecer, sem criar expectativas, apenas aproveitar da vida, e das coisas simples, inclusive, desfrutar do meu direito de gostar. Mas não é qualquer gostar, é aquele que vem com paz junto, em que um tranquiliza a vida do outro, aquele gostar simples sabe??? Em que você senta ao lado da pessoa, troca olhares, sorri e sabe que a mensagem foi entendida. Pode nem ser o amor maior da sua vida, mas é aquele que trouxe doçura a ela, juntamente com aquela vontade de ser simplesmente você, em sua essência. Talvez nem seja o que levará você a viver a frase do “felizes para sempre”, mas que naqueles dias fará da sua vida feliz.

      Paixões avassaladoras e suas emoções loucas são boas, mas não trazem aquela sensação de aconchego, daquele querer simples que se perde em um beijo. Sem muita coisa, sem enfeites e ‘frufrus’, só aquele conforto que um andar de mãos dadas traz. 


       
         Então, se for para gostar, que seja assim simples, com alguém que possa dividir as crises existenciais, e depois rir junto delas. Alguém que entenda que tenho grandes sonhos e uma agenda lotada, mas que sempre dou um jeito para estar com quem eu quero. Que possamos ter química, física, biologia e juntos termos muita história para contar. Que possamos valorizar um ao outro em suas conquistas, em suas lutas e nos apoiar quando algo não der tão certo. Alguém que tenha sua individualidade, que saia com seus amigos, mas que também queira sair com os meus. Que me inspire, e que nem sempre concorde comigo, pois a vida fica chata quando todos pensam iguais, não é mesmo???
         Enfim, pela minha sanidade, por minha família e por todos aqueles que vivem comigo e me conhecem, eu voto pelo simples direito de gostar.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Para todos os momentos, Coldplay



  




      Não é novidade para ninguém que eu sou simplesmente A P A I X O N A D A pela banda Coldplay, ao ponto de escutar suas músicas todos os dias. A banda britânica foi criada em 1996 lá na Inglaterra pelo pianista Chris Martin e o guitarrista Jonny Buckland, e durante todos esses anos vem sempre lançando álbuns com repertórios variados, e que acreditem, combina com todo momento. Sim! Coldplay vai ter uma música que vai se encaixar perfeitamente naquele seu momento nada bom, mas também vai ter aquela música especial para a sua nova conquista na vida. Esse ano a banda vem com um show sensacional, ao qual eu tive a alegria e emoção de presenciar. Com certeza o show mais incrível que fui na vida!!!
     As músicas da banda se tornaram a trilha sonora da vida de muitas pessoas, e claro, da minha também. E a cada nova música lançada que ouço abro um sorriso e me bate uma tranquilidade ao ouvir aquela voz linda e suave de Chris, que trata em suas músicas de temas como amor, tristeza, reflexão, superação e fé. 
     Então hoje eu trouxe uma lista com 15  músicas da banda, desde o primeiro álbum Parachutes, lançado em 2000 até o mais novo álbum chamado de A head full of dreams. Confesso que foi uma missão quase impossível conseguir selecionar apenas 15, pensei até em expandir a lista, mas ai teria que ser um post ainda maior, ou várias postagens, porque para mim Coldplay é muito amorzinho.
 
     Então aumenta o som, abra o coração e apenas sinta o que as músicas dessa banda podem causar em você. E uma dica, se deixe encantar pelos clipes, são sempre sensacionais em produção.
     
1- Trouble 
Sabe aquela música que faz você entrar em outra órbita? Pois é, o nome dela é Trouble, a música que causa em você uma mistura de calmaria com uma vontade de ficar quietinho (a) só refletindo.

2- The Scientist


Já foi trilha até de post aqui no blog. É a minha favorita!

"Questions of science, science and progress/ Don't speak as loud as my heart"

("Questões da ciência, ciência e progresso/ Não falam tão alto quanto meu coração")
Ainnnnnn meu coraçãooooo 
❤️


3- Clocks


Experimenta dirigir ouvindo essa música! 

4- Fix You

De emocionar até criancinhas.

5- Speed of Sound


"If you never try, then you'll never know"
Sem mais!

6- Viva la vida


Dispensa comentários...No show deles é a coisa mais linda de se ver e ouvir!

7- Every teardrop is a waterfall


"I feel my heart start beating to my favorite song"

8- Paradise 

"I know the sun must set to rise"
Eu sei que o sol deve se pôr para nascer...
Clipe bacana e uma música que te impulsiona a viver!!!

9- Princess of China
Simplesmente dá vontade de dançar!!! E o vídeo é incrível!

10- Always in my head


Essa você sente a necessidade de ouvir no mínimo três vezes seguidas.

11- Magic

Segundo uma prima "essa música dá uma vontade de fazer coisas boas". HAHAHA

12- A sky full of stars


Certeza uma das melhores para dançar!

13- Adventure of a lifetime


Música sensacional do mais novo álbum em um clipe fora do comum.

14- Hymn for the weekend


"Life is a drink and love’s a drug"
A vida é uma bebida e o amor é uma droga. 
Fantastic!

E para encerrar...

15- Up&Up



Uma música que fala sobre esperança, em um clipe maravilhoso. A canção trata sobre altos e baixos da vida, e da necessidade de nos mantermos otimistas.

"Fixing up a car to drive in it again
When you're in pain
When you think you've had enough
Don't ever give up"


"Consertando um carro para dirigi-lo novamente
Quando você está sofrendo
Quando você acha que não aguenta mais
Não desista nunca"



Espero ter deixado um pouco do que essa banda pode fazer com seus ouvidos e seu coração. Se deixe apaixonar!
❤️C❤️O❤️L❤️D❤️P❤️L❤️A❤️Y

quinta-feira, 7 de julho de 2016

E se eu te pedir para ficar um pouco mais?

   APERTE O PLAY !





  O que você me diz? Te juro, não quero ser aquelas pessoas chatas e insistentes que usam de todos os artifícios para tentar convencer. Na verdade, não quero que fique por convencimento, quero que fique por perceber e acreditar que pode de repente dá certo. Antes de mais nada, te aviso que busco apenas fazer o bem. Mas preciso saber o que me diz se eu pedir pra ficar um pouco mais.

    Pode ser que não sejamos aquele “felizes para sempre” que vemos no final das novelas. Mas quem vai saber? Aliás, quem precisa saber? É tão único e diferente para mim, que não sei se tenho vontade de gritar aos quatro cantos, ou apenas curtir assim, perto de mim. Na verdade, isso tudo é para dizer que você não precisa ir agora se não quiser. Fica um pouco mais. Alguma coisa o destino quer de nós, afinal de contas ele nos colocou no mesmo caminho, e nos fez, de uma forma sutil e sincera, perceber que estávamos ali, tão perto.



      
       Gostaria de saber onde isso vai dar, e assim te ser mais firme nas palavras. Mas será que é preciso sabermos se vai dar em algo? Acho que se formos vivendo, aos poucos vamos percebendo em que direção estaremos indo. Mas saiba, não estou aqui falando por que quero assinar contratos de juras eternas, nem quero controlar sua vido rumo que isso vai levar. No momento, apenas quero te pedir pra ficar um pouco mais.   Me deixa apenas mostrar porque você deve ficar. Não serei igual as outras, até porque, no lugar delas faria de tudo para ainda estar contigo. Mas já que agora que você entrou na minha vida, deixa eu mostrar o que de bom a gente pode viver juntos. Por isso, fica um pouco mais e deixa só eu mostrar a minha história e o que ela é capaz de fazer por nós dois.
    Tenho certeza que as coisas que já vivemos, as desilusões e os desacertos da vida não comprometerão o que pretendo mostrar. Sabe aquela vontade de só fazer bem? De saber do dia, de acordar com um bom dia? De apenas olhar e saber que é ali que quer ficar? Pois é, parece que com você voltei a sentir isso.

     Não se preocupe, não estou fazendo promessas de grandes coisas a se viver. Só de que quero o simples e agradável, dizer que bom te ver e estar com você, ou que você fica ainda melhor com aquele sorriso no rosto. Estar ao seu lado, fazer ser doce e feliz. Não é muito o que peço não é? Só quero tentar, mas para isso preciso saber: E se eu te pedir para ficar um pouco mais?

segunda-feira, 4 de julho de 2016

O limite da insistência






   E ai que você vive certa situação em sua vida e seus amigos ficam, “vai lá, conversa”, ou com frases do tipo, “não desiste, insista até cansar”. Pois é, a gente também chega ao ponto de que a própria insistência cansa. Essa história de que quem desiste é porque nunca quis de verdade é conversinha que nos contam para nos convencer a permanecer em histórias que já não existem mais, ou como uma tentativa de consolo sobre algo que não deu certo. A gente cansa sim, e se sufoca. E me diz uma coisa, quem quer viver no sufoco? Então é por isso que a gente deixa de insistir com algo que só nos consome.
   Desistir não é sinônimo de fraqueza, é reflexo de que você apenas percebeu que algo não dava mais para você. Eu também já desisti muitas vezes, mesmo depois de ter tentado bastante. Mas chega um momento em que você percebe que a vida está ali correndo do seu lado, querendo chamar sua atenção, mas você está ocupado demais insistindo em algo que não está mais nem fazendo você feliz.
    Vai soar até um pouco estranho, mas saiba, é preciso ser forte para desistir. É preciso ser sábio para perceber que não adianta mais querer, e apenas ir, mesmo com vontade de ficar. E isso serve para tudo em nossa vida. Sabe aquela roupa que não te cabe mais? Você não insiste em vestir ela não é? Você doa para alguém, ou espera que um dia, ela possa servir novamente. Mas não enlouquece até que isso aconteça. Então vamos nos inspirar naquela palavrinha inteligente que diz: Desapega!
    Às vezes é preciso mudar ou desistir de algo que não parece mais ter solução só para que a vida possa seguir seu rumo. Por isso desprenda-se dessas amarras, comece do zero, siga adiante. Renunciar pode ser sinônimo de recomeço, sabia? E todo recomeço vem repleto de desafios e momentos de superação. Quem decide seguir adiante ao parar de insistir sente a magia de viver. Por isso não limite-se à vida. Dê limite à insistência, porque talvez o seu final feliz seja apenas seguir em frente!!!