quinta-feira, 14 de julho de 2016

Pelo simples direito de gostar


       APERTE O PLAY!
  

      Acho que cheguei naquela fase em que tudo o que se precisa e deseja é de um momento de paz, sem precisar montar cenários, sem se preocupar com o que vai acontecer, sem criar expectativas, apenas aproveitar da vida, e das coisas simples, inclusive, desfrutar do meu direito de gostar. Mas não é qualquer gostar, é aquele que vem com paz junto, em que um tranquiliza a vida do outro, aquele gostar simples sabe??? Em que você senta ao lado da pessoa, troca olhares, sorri e sabe que a mensagem foi entendida. Pode nem ser o amor maior da sua vida, mas é aquele que trouxe doçura a ela, juntamente com aquela vontade de ser simplesmente você, em sua essência. Talvez nem seja o que levará você a viver a frase do “felizes para sempre”, mas que naqueles dias fará da sua vida feliz.

      Paixões avassaladoras e suas emoções loucas são boas, mas não trazem aquela sensação de aconchego, daquele querer simples que se perde em um beijo. Sem muita coisa, sem enfeites e ‘frufrus’, só aquele conforto que um andar de mãos dadas traz. 


       
         Então, se for para gostar, que seja assim simples, com alguém que possa dividir as crises existenciais, e depois rir junto delas. Alguém que entenda que tenho grandes sonhos e uma agenda lotada, mas que sempre dou um jeito para estar com quem eu quero. Que possamos ter química, física, biologia e juntos termos muita história para contar. Que possamos valorizar um ao outro em suas conquistas, em suas lutas e nos apoiar quando algo não der tão certo. Alguém que tenha sua individualidade, que saia com seus amigos, mas que também queira sair com os meus. Que me inspire, e que nem sempre concorde comigo, pois a vida fica chata quando todos pensam iguais, não é mesmo???
         Enfim, pela minha sanidade, por minha família e por todos aqueles que vivem comigo e me conhecem, eu voto pelo simples direito de gostar.

13 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada Aninha, cada retorno seu me impulsiona a escrever. ♥

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Que ótimo...Continue acompanhando e me apoiando...Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Texto legal, acho que vc conseguiu expressar bem o seu pensamento, que também é o de muitas pessoas e me incluo nessa lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Camila que gostou. A ideia é essa falar sobre coisas que vivemos e expressar os sentimentos dessas histórias em palavras.

      Excluir
  6. Tem muito mais que visto, tem transmitido palavras e pensamentos do que outros viram. O Eu que vi vem se tornando uma janela por onde muitos olham, mais que isso, sentem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada melhor que expressar em palavras aquilo que vivemos. Ver pessoas se identificando e comentando sobre me deixa muito feliz e me impulsiona a seguir. Obrigada pelo carinho e apoio Yves.

      Excluir
  7. O simples fato de gostar... Adorei o poooost <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaaaa...Continua acompanhando e se quiser pode dar ideias =)

      Excluir