terça-feira, 27 de setembro de 2016

Ela tem medo da solidão


Resultado de imagem para ela tem medo da solidão



APERTE O PLAY!







      Ela acorda muito cedo, e logo pega o celular para ver se na madrugada alguém de repente lembrou-se dela e enviou uma mensagem. Levanta da cama, sai dando bom dia as plantas, bichos e ao café da manhã. Tudo isso para não se sentir tão só, porque ela simplesmente tem medo da solidão.
      Ela às vezes fecha os olhos para o mundo buscando enxergar o que há no infinito, e mergulha nesse encantamento, e se imagina vivendo grandes coisas. Porque ela sabe que existe algo além do que lhe é permitido, algo além do que considera o certo. Algo além do que ela conseguiu viver até agora.
       Ela foge do chão, prefere voar, prefere buscar o novo, sentir o que a vida lhe permite, porque acha chato ter que viver com os pés fincados na tal da realidade.
         Ela vai se moldando ao tempo, e essa sensação de que parece que nada vai acontecer. E assim, ela vai procurando ser alguém, mas além do que ela mesma quer ser. E permanece sendo ela, mesmo sem querer.
         Em seus momentos de silêncio, ela evita pensar no quer sentir daqui pra frente. Prefere viver as sensações do hoje, pensar no amanhã é custoso demais, demanda planos, e é difícil planejar sozinha.
        Talvez ela só queira ser ingênua a ponto de ter poucas escolhas de vida, e assim, viver sem receio das atitudes que tomou, sem se preocupar com o que perdeu, e se sem se sentir culpada por estar ali só. Porque no fundo no fundo, ela aprecia a liberdade, ela curte decidir o que ouvir no som do carro, curte resolver o que faz do seu próprio dinheiro, ela gosta de desbravar o mundo sem ter que necessariamente dizer a alguém o porquê decidiu fazer alguma coisa.
     Mas mesmo diante desses desejos, ela sabe que a gente aprendeu que na vida "é impossível ser feliz sozinho", e por isso ela persiste, em gostar da liberdade, mas ter medo da solidão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário